25 de fevereiro de 2010

Conar abre processos contra campanha da Devassa



O Conselho de Autorregulamentação Publicitária (Conar) abriu três processos contra a campanha de lançamento da Devassa Bem Loura, criada pela Mood para o Grupo Schincariol.

O primeiro deles teve origem em representação formal apresentada por consumidor, que reclama da abordagem sensual das peças, protagonizadas pela socialite americana Paris Hilton. A reclamação, envolvendo a veiculação da campanha em todas as mídias, foi analisada e acolhida pelos advogados do Conar, que já encaminharam o processo a um dos cerca de 180 conselheiros do órgão, escolhido para ser o relator da matéria.

Em seu Anexo P, que trata da publicidade de cervejas e vinhos, o código do Conar diz que "eventuais apelos à sensualidade não constituirão o principal conteúdo da mensagem", e acrescenta que "modelos publicitários jamais serão tratados como objeto sexual".

O segundo processo contra a campanha foi aberto por iniciativa do próprio Conar, que questiona uma promoção realizada no site da Devassa Bem Loura. No entendimento do órgão, ações promocionais envolvendo bebidas alcoólicas não podem representar estímulo ao consumo excessivo.

Um grupo de funcionários do Conar tem a missão de monitorar a publicidade veiculada no País e abrir processos quando encontrar alguma irregularidade. É o que o órgão chama de "processos abertos de ofício" pelo próprio Conar, sem a necessidade de denúncias externas. Este tipo de processo representa cerca de 1/3 do total de casos analisados pelo órgão.

Na tarde desta quarta-feira, 24, um terceiro processo foi aberto por solicitação da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, órgão que tem status de ministério no governo federal e já recorreu ao Conar em ocasiões anteriores. Desta vez, a alegação é a de que o site da Devassa tem conteúdo sexista e desrespeitoso à mulher.

De posse do ofício da secretaria, o Conar resolveu abriu um terceiro processo, especificamente para tratar do site da marca.

Após o anunciante e a agência responsáveis pela campanha da Devassa Bem Loura serem comunicados oficialmente sobre a abertura dos processos, haverá prazo de 10 dias para apresentação de defesa por escrito.

Fonte: Meio & Mensagem http://www.mmonline.com.br/noticias.mm?url=Conar_abre_processos_contra_campanha_da_Devassa&origem=home

Um comentário:

  1. ô, giss, adorei o novo visual disso aqui.
    É sua casa, agora.
    Beijos.

    ResponderExcluir